• Voa Goleiro

Zagueiro pega três pênaltis e vira herói

A rodada dupla de ontem, em Moça Bonita, definiu os dois primeiros semifinalistas da Copa Rio: Portuguesa e Bonsucesso. A classificação do Leão da Leopoldina foi histórica, com um zagueiro improvisado no gol defendendo três pênaltis.

Após a expulsão do goleiro Caio, ao cometer penalidade máxima aos 44 minutos do segundo tempo, quando o Bonsucesso vencia por 1 a 0, coube ao defensor Emerson vestir as luvas, pois o time já tinha feito as três substituições. Ele começou mal, levando o gol de empate em pênalti cobrado por Jonathan, do Maricá, que decretou o 1 a 1 no tempo normal (Marlon abrira o placar para o Rubro-Anil).

Porém, nas penalidades, brilhou a estrela do zagueiro/goleiro. Ele pegou três cobranças e selou a vaga do Bonsucesso para a próxima fase da Copa Rio por 4 a 3. “Apesar de eu não ser goleiro, quando decidi ir para o gol, estava muito confiante. Sabia que ia dar o máximo para passar de fase, que era o nosso objetivo. Papai do Céu me abençoou e consegui ajudar a equipe a se classificar para as semifinais”, afirmou o jogador, à TV Ferj.

“Eu já tenho que evitar o gol (como zagueiro). Na meta não mudou nada. Foi assim que fui para a cobrança, pensando nisso. Sabia que ia pegar uma, mas graças a Deus peguei três”, concluiu.

Na próxima fase, o Bonsucesso vai enfrentar Boavista ou Tigres do Brasil. Na primeira partida, o time de Bacaxá fez 3 a 0, em Xerém. Antes disso, domingo, o Rubro-Anil pega o Goytacaz, às 15h, em Moça Bonita, pela semifinal da Taça Santos Dumont.

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.