• Voa Goleiro

Que isso? Goleiros da Série A usaram números MUITO diferentes na rodada

  Foto: Divulgação / LANCE! 

A 28ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi marcada apenas pelas fortes emoções que movimentaram a classificação. Em alguns gramados pelo país afora, goleiros deixaram de lado suas camisas tradicionais e entraram em campo ostentando números incomuns. O momento mais curioso aconteceu no sábado passado, na Arena Corinthians. No Timão, Cássio trocou a camisa 12 pelo número 181. Titular que habitualmente usa a camisa 22 da meta do Peixe, Everson assumiu o posto do número 136. A curiosa mudança fez parte de uma ação de marketing da Editora Panini para promover o álbum de figurinhas do Campeonato Brasileiro de 2019 (que traz cromos de equipes das Séries A e B). Cada atleta “vestiu” o número no qual ele sua figurinha está localizada no livro ilustrado. Ao LANCE!, o diretor da divisão de esportes da Panini Brasil, Vilson Manfrinati, falou mais sobre a iniciativa. – Nossa agência de propaganda apresentou varias ideias para a ativação do álbum no Brasileirão. No meio das discussões, nós da Panini sugerimos a ação com os goleiros – afirmou. Manfrinati contou o que foi crucial para a escolha dos goleiros na ação. – Esta escolha se deveu porque os goleiros no álbum são praticamente todos titulares em seus times. Além disto, trata-se de uma posição que é única – declarou. Na Arena do Grêmio, Gatito Fernández, do Botafogo, usou a camisa 122 no revés para os gremistas. Já o goleiro do Fortaleza, Felipe Alves, ostentou o número 241 no empate em 1 a 1 com o Cruzeiro no Mineirão. Enquanto isto, Santos vestiu a camisa 91 ao ocupar a meta do Athletico-PR na goleada por 4 a 1 sobre o Goiás. O livro ilustrado traz 550 figurinhas.

Foto: Reprodução / Facebook / LANCE!

Foto: Reprodução / Instagram / LANCE!

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.