• Voa Goleiro

Quando se trata de goleiro, é necessário falar de Buffon


De qualquer forma, tratam-se de artilheiros ou figuras desequilibrantes na ofensiva, o ramo no qual costumam investir os que tomam as decisões nos times poderosos. Pelos “salva-gols” ninguém paga tanto. Super-gigi é a exceção.



Com tradição familiar no esporte sua mãe (Maria Stella) foi campeã italiana em lançamento de martelo e de disco, seu pai (Adriano) também se dedicou a esta especialidade e as irmãs Guendalina e Verónica fizeram parte da seleção de vôlei.



167 – são os jogos internacionais que completou com sua Seleção, no dia 14 de novembro de 2009 ( 0-0 contra a Holanda ). Está em primeiro lugar no registro histórico de seu país, à frente de Fabio Cannavaro ( 131 ), Paolo Maldini ( 126 ), e Dino Zoff ( 112 ).

1º – foi escolhido 4 vezes como o melhor goleiro do mundo pela IFFHS: 2003, 2004, 2006 e 2007.

5 – é a participação em Copas do Mundo que teve. Na França em 98 fez parte da equipe, mas não entrou em nenhum jogo em 2002 e 2006, por uma lesão, jogou pouco na Copa de 2010 e voltou na de 2014, no Brasil.

Em 2013, Buffon também foi eleito o Melhor goleiro dos últimos 25 anos, segundo à IFFHS.


1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.