• Rogger da Costa

PRECISAMOS FALAR SOBRE YASSINE BOUNOU, O "BONO"

O goleiro marroquino 🇲🇦, com pouca mídia, bate recordes a nível nacional e europeu, equiparando-se aos melhores do mundo.


A figura de Bono no Sevilla é mais do que notável. A sua presença em campo é fundamental para compreender a solidez defensiva de uma equipe que é a segunda que menos sofre gols nas 5 grandes ligas europeias.


Sem aparecer muito, Bono, desde que assumiu o gol do Sevilla, vem se superando temporada a temporada, batendo recordes que estão no mesmo nível dos melhores goleiros do cenário mundial.


O debate está mais do que servido. A figura de Bono, segundo muitos, pode superar a de Andrés Palop, um mítico goleiro do Sevilla. Para isso, faltam-lhe mais anos, mas ao nível do desempenho, para não falar dos títulos, onde ele não só o alcança como também o SUPERA.


Segundo o Fbref.com, Bono está no Top 1 das 5 grandes ligas com a menor média de gols nos 90 minutos, com 0,55, superando goleiros como Ederson, Alisson, Mendy e Courtois


É o Top 1 da Liga espanhola e o Top 3 a nível europeu em termos de porcentagem de defesas bem-sucedidas, com 81,0%. Imbatibilidade quase absoluta. A nível europeu, é superado apenas por José Sá, dos Wolves, e Walter Benitez, do Nice


O Sevilla entra no TOP 5 da Europa se falarmos de jogos sem sofrer gols, com 14 no total. No entanto, para entender também esses dados é fundamental falar sobre os chutes a gol recebidos pela equipe comandada por Julen Lopetegui.


O Sevilla sofre poucos chutes a gol e, quando sofre, Bono é quase infalível em defender. Sevilha é a segunda equipe espanhola que recebe menos remates à baliza com 75 no total, ou seja, 2,77 a cada 90 minutos. O primeiro lugar é ocupado pelo Atlético de Madrid com 67.


Driblab torna mais fácil para nós


O mundo dos gráficos facilita o entendimento do desempenho dos jogadores, além de

fornecer algo ilustrativo para o público. Graças ao Driblab, podemos analisar e aprofundar as raízes da performance de Bono.

Este primeiro gráfico, de acordo com o Driblab, cito textualmente é: um gráfico entre «% de defesas» sobre o total de chutes a gol recebidos + «Gols evitados» (esta é uma métrica que leva em conta a clareza das chances após o adversário chuta e sabemos onde no gol foi direcionado. Uma vez que sabemos disso, o chute será mais ou menos parado e o goleiro terá uma chance maior ou menor de pará-lo). Se você evita muitos gols, é porque você evita chances claras e, portanto, faz grandes defesas.


Em suma, Bono é o goleiro da liga, de acordo com o gráfico, que faz mais defesas de chutes a gol que têm uma alta porcentagem de gol.


A título de complementação e inserção de estatísticas avançadas, é necessário destacar claramente o xGOT que Bono conseguiu evitar. O xGOT mede a probabilidade de que o chute tenha sido um gol indo para onde a bola foi. E o total dessas métricas (de 0 a 1 como valor total) dá o número TOTAL de gols que deveriam ter sido sofridos. Ou seja, mede os gols “claros” que foram gerados para Bono. Bono deveria ter recebido 16 gols "claros" e sofreu apenas 11 porque o resto acabou sendo defendido. Isso tira muitas conclusões, como a razão pela qual o goleiro do Sevilla é um dos principais da europa.



Por fim, é claro, há que comparar o desempenho do marroquino com um dos melhores goleiros da Liga e da Europa nos últimos 2/3 anos. Quanto à eficiência para travar cruzamentos laterais, o jogador do Sevilha quase iguala Courtois com 1,6 e 1,8 respectivamente. No entanto, na porcentagem de ENCAIXES, o marroquino supera consideravelmente o belga. Como podemos ver, Courtois tem 52,2% enquanto Bono tem 57,4%. Com isso, me chame de louco, mas Bono faz jus à performance que Courtois está dando. As pessoas levam as mãos à cabeça, mas Bono está discretamente abrindo espaço para si mesmo entre os melhores goleiros da Europa. É verdade que Courtois tem muito mérito. O fato de não perder desempenho nos últimos 5 anos significa muito, mas Bono não atingiu chegou ao seu melhor [ainda] e nas temporadas em que esteve no Sevilla não baixou seu nível.


Muito do sucesso do Sevilha deve-se a ele.

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo