• Rogger da Costa

Opinião sobre o “The Best FIFA: Os candidatos a Melhor Goleiro do Mundo”

Atualizado: Mai 19

A FIFA anunciou esta segunda-feira os finalistas das várias categorias na corrida aos prêmios “The Best”.


Na categoria de Melhor Goleiro do Ano, o campeão mundial pela França e Goleiro do Tottenham, Hugo Lloris, compete contra Thibaut Coutois, que jogou pelo Chelsea na temporada passada e defendeu as redes da Bélgica na Copa 2018, e Kasper Schmeichel, Goleiro do Leicester e da Dinamarca.


Opinião de quem vos escreve

Aparentemente a FIFA levou em conta apenas a Copa do Mundo para fazer o seu “Top 3 Mundial”, estranhamente nem Oblak, nem De Gea e nem Ter Stegen (para não passar tanto tempo citando outros que estão aptos a estarem nesse “Top”) estão na lista.

Entendendo que a Copa do Mundo foi um divisor de águas para esta final, acredito que o técnico J. Löw merece uma “menção honrosa”. Meteu o Neuer, após 7 meses parado, numa roubada na Copa do Mundo e, por tabela, “tirou” Ter Stegen da disputa de Melhor Goleiro do Mundo pela FIFA. Na última temporada, o alemão tranquilamente foi superior a Courtois e Lloris…


Analisando friamente os finalistas, Courtois, com uma temporada bem mais ou menos pelo Chelsea, “cavando” sua saída, destacou-se somente no jogo contra a seleção brasileira. Lloris aparentemente está ali pelo título conquistado na Rússia, não deixa de ser um ótimo Goleiro, mas acredito que não a nível de Top 3 Mundial. Já Kasper Schmeichel, em minha opinião, aparece como o único dos três que, aparentemente, está na lista pelo que vem apresentando no Leicester e pelo que apresentou na ótima Copa do Mundo que realizou pela Dinamarca.


Para fechar e deixar ainda mais fixa a ideia de que foi praticamente levada em conta somente a Copa do Mundo, os “Top 3 Goleiros FIFA” são atletas que atuam pela Premier League e , ironicamente, o espanhol De Gea, cuja seleção e nem ele próprio, fizeram uma boa Copa, foi este ano eleito o Melhor Goleiro da Premier League e agora, poucos meses depois de eleito, aparece abaixo de Courtois, Lloris e Kasper Schmeichel.


É claro que a Copa do Mundo tem um valor inestimável para qualquer atleta que a jogue e, principalmente, para quem a vence e tem muito peso na hora de escolher quem foi o melhor atleta numa temporada na qual ela acontece. Mas a escolha de “Melhor do Ano” não pode ser baseada apenas somente em um Campeonato de 1 mês de duração. Observe o exemplo de Oblak, o que este rapaz tem feito nas últimas temporadas não é de se deixar passar em branco, mas “perdeu” para um irregular Courtois, que, de certo modo, forçou sua saída do Chelsea e o que de melhor fez na temporada foi um jogo de quartas de final da Copa.


Por fim, nunca e entendi e já desisti de tentar entender os critérios da FIFA e até da IFFHS para este tipo de escolha. Qual a opinião de vocês a respeito dos finalistas ao prêmio de Melhor do Mundo? Deixe seus comentários abaixo.

1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.