• Voa Goleiro

Leão, o goleiro que foi para a outra área “ganhar” um pênalti

Atualizado: Jun 2

O atleta do Sintrense decisivo para o empate obtido nos acréscimos


Goleiro Leão não podia desejar melhor estreia como titular no gol do Sintrense, da Série G do Campeonato Portugal Prio. Não pelo resultado, que foi um empate com o Casa Pia (1-1) mas pelo protagonismo que assumiu aos 49 do segundo tempo, quando arriscou uma subida à área adversária, num escanteio. A bola chegou ‘redondinha’, o domínio não foi dos melhores, mas o dibre sobre o zagueiro adversário “rendeu” um pênalti ao time de Sintra. Rui Monteiro bateu e marcou o gol de empate.


Ao jornal português Record, o goleiro de 33 anos explica o lance: “Perdíamos por 1-0. No último minuto tivemos um escanteio, pedi autorização ao técnico e subi para tentar criar alguma confusão ou até conseguir marcar gol. Na área pensei em atacar o espaço mas decidi ficar numa zona com poucos jogadores”, explicou. “Nunca pensei sofrer um pênalti. Em marcar o gol, isso sim, agora sofrer um pênalti… mas houve um corte de cabeça de um defesa do Casa Pia, a bola sobrou para mim, dominei e quando ia chutar saiu um zagueiro para disputar a bola”, comenta Leão. “Só tive tempo de me desviar e quando tentei chute ele “me calçou” impedindo a batida. O árbitro não teve dúvidas pois estava em cima do lance e viu a minha chuteira toda rasgada”, frisou o goleiro, recuperado de uma lesão do menisco que o afastou dos campos por 3 meses.


A subida à área adversária não é comum para Leão (“muitas vezes os treinadores não deixam”, relembrou), especialista em defender pênaltis. “De qualquer forma, não costumo ir porque estou acostumado a ganhar”, diz.

Veja o lance:


0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.