• Rogger da Costa

HISTÓRIAS DE UMA TRANSFERÊNCIA: 10 ANOS DE DE GEA NO UNITED

Há dez anos, a busca do Manchester United por um substituto para Edwin van der Sar foi concluída quando David De Gea assinou com o Atlético de Madrid.


O candidato espanhol tinha apenas 20 anos e era considerado um candidato inexperiente, mas Sir Alex Ferguson e sua equipe de olheiros haviam feito o trabalho de base necessário e sabiam que tinham um goleiro de primeira em mãos.


Então, o treinador de goleiros Eric Steele observou De Gea atuar na La Liga e decidiu que tinha a mentalidade necessária para chegar ao topo.


Substituir Van der Sar, herói do triunfo da final da Liga dos Campeões de 2008 contra o Chelsea, seria sempre um grande fardo, mas isso não preocupava Ferguson, que confiava em seu novo recruta.


"Não mencionamos isso a ele", respondeu ele quando questionado sobre como substituir Edwin. “Eu não acho que haja qualquer razão. O passado é passado e Edwin faz parte do passado. Ele teve uma carreira incrível conosco, foi um goleiro incrível. Mas espero que o futuro pertença a David De Gea.”


“Nós o identificamos há algum tempo”, continuou Sir Alex. “Mas foi no início da temporada passada que começamos a nos concentrar nele. Trabalhamos muito para fechar o negócio porque não foi fácil. O Atlético de Madrid obviamente o considerava muito bem, mas conseguimos e estamos muito felizes por ele ter se juntado a nós.


“Ele tem uma grande postura para um jovem. Ele é rápido, tem boa reação, é atlético e você sabe que aos 20 anos tem todo esse potencial. Ele só vai melhorar. ”


O QUE DAVID DISSE


De Gea disse ao Inside United na época que ele foi ajudado por três companheiros de equipe, em particular, enquanto se adaptava à vida neste novo clube. Ele havia sido alertado sobre o interesse dos Reds pela mídia, depois de ajudar o Atlético a vencer a Liga Europa e a Supercopa Europeia em 2010.


“Eu descobri pela primeira vez por meio de um artigo de jornal”, admitiu. “Circulava a história de que o United estava possivelmente interessado em me contratar e fiquei muito feliz em saber disso. E, claro, quem não ficaria muito feliz em poder assinar e entrar para um clube como este? Abriu um grande caminho a seguir para mim e fiquei muito feliz, e na hora queria entrar aqui, continuar os treinos e começar."


“No início estava um pouco nervoso porque não conhecia ninguém - não conhecia o treinador nem nenhum dos meus companheiros de equipe. Eu não falo inglês. Eu tinha visto todos eles na TV, mas estar entre eles, treinando com eles, tentando me comunicar... foi um momento emocionante. Os primeiros [a ajudar] foram aqueles que falam a minha língua - Chicharito, Antonio [Valencia], Nani. Todos eles é claro, mas especificamente esses caras por causa da linguagem. Se eu tivesse alguma dúvida ou problema podia contar com eles, eles me ajudaram muito. ”


A conversa com Sir Alex foi inesquecível para De Gea, que também apreciou o escrutínio e a pressão que enfrentaria como o novo nº 1 do United.


“Bem, você pode imaginar, é claro, com o histórico que ele Ferguson, tendo passado 25 anos no topo e em um clube como este - é incrível”, disse ele. “É uma experiência única e fiquei muito orgulhoso de conhecê-lo e estar com ele. Tudo o que posso dizer é que é um privilégio conhecer o chefe."


“A pressão é normal, é sempre assim. Mas como o United é um clube tão grande, amado e venerado por tantas pessoas e fãs, é uma coisa enorme. Quando você é o goleiro de qualquer clube, há expectativas muito altas sobre você o tempo todo.”


E desde então, são 10 anos vestindo a camisa dos Reds e, em vários deles, sendo eleito o MELHOR JOGADOR DA TEMPORADA da equipe!


Abaixo, fotos desses 10 anos de De Gea no United:







105 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo