• Rogger da Costa

GOLEIRO COM DIFICULDADES MOTORAS RECEBE CARINHO DE CÁSSIO, PRASS E FELIPE ALVES


Gabriel carrega um sorriso que representa vitória. Os olhos alegres passam o sentimento de se superar a cada dia, sentimento maior que o de sair vitorioso após um duelo em campo. Ele vai naquela bola no ângulo, no cantinho, no meio... E depois de cada defesa, vem o sorriso. Nada é mais convincente que o olhar de quem faz algo por amor.


O goleiro supera as dificuldades há bastante tempo. Nasceu prematuro, com apenas sete meses de vida. Superou essa primeira barreira e foi crescendo. A mãe percebeu que o menino de um ano não conseguia dar os passinhos comuns na primeira infância, procurou ajuda nos hospitais de Fortaleza e descobriu que Gabriel tinha dificuldades motoras.


Com 17 anos, Gabriel coleciona defesas nos duelos travados no próprio campinho. Fã de futebol, o pai adaptou o gol e juntou as traves. O goleiro faz o mais difícil: guardar aquelas redes. Além do amor pelo futebol, pai e filho também compartilham o mesmo time do coração.


- Eu já torcia Corinthians faz tempo, era fanático, mas agora ele se tornou mais fanático ainda - destaca o pai.


E se ele torce para um time paulista e sonha em ser goleiro, o ídolo é um só: Cássio. E através do futebol e dos treinos no campinho no fundo de casa, Gabriel foi notado pelo goleiro do Corinthians. Ídolo e fã tiveram um encontro inesquecível quando o jogador veio à capital cearense para um duelo contra o Ceará, em 11 de outubro.


Além da foto e do momento eternizado na lembrança, Gabriel ganhou o uniforme completo do goleiro. Também não faltaram incentivos dos goleiros de Ceará e Fortaleza. Fernando Prass se ofereceu para passar dicas para o jovem.


- Fiquei sabendo que você é goleiro, fã de futebol, estou aqui para te mandar um grande abraço. Vi teu treino, mete bronca, se dedica e faz o que te faz feliz. Acho que assim como eu você deve ser apaixonado por essa posição. Aproveita, curte e se precisar de alguns toques, não que eu saiba de muita coisa, é só dá um grito que a gente troca uma ideia - afirmou.


Felipe Alves também mandou luvas e camisa do Fortaleza e reforçou o encorajamento.


- Abraço para você e toda sua família, em nome do Fortaleza estou mandando uma luva e uma camisa. Que Deus siga abençoando você e toda sua família e que você possa realizar seus sonhos. Tudo de bom - destacou o goleiro do Leão.


254 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo