• Rogger da Costa

"DIDA + 9" GOLEIROS QUE VIRARAM PREPARADORES APÓS APOSENTADORIA

Dida foi anunciado como novo treinador de goleiros profissional do Milan, após longa carreira em clubes e na Seleção Brasileira. A notícia é nova, mas há uma lista de ex-goleiros que viraram treinadores para a posição. Inclusive o precursor, Valdir de Moraes, ex-Palmeiras, que morreu no início do ano. Veja os nomes a seguir:


1- Dida - O brasileiro é uma das lendas do Milan, onde disputou 302 jogos e conquistou duas vezes a Liga dos Campeões da Europa. Mas sua passagem pelo clube italiano não acabou. Ele está de volta agora como treinador de goleiros, conforme noticiou o jornalista Gianluca Di Marzio.


2- Valdir de Moraes - Foi um dos maiores goleiros da história do Palmeiras, clube que defendeu entre 1958 e 1968. Embora tenha morrido no início deste ano, deixou para sempre seu legado no clube paulista e no futebol brasileiro. Depois que se aposentou, revolucionou a preparação de goleiros no Brasil, ajudando a formar uma geração que colocou os defensores brasileiros entre os melhores do mundo.


3- Taffarel - Tetracampeão mundial em 1994, Taffarel tornou-se treinador de goleiros da Seleção Brasileira sob o comando de Dunga, em 2014. Parou de jogar em 2003, mas seu primeiro trabalho como treinador de goleiros ocorreu em 2011, no Galatasaray.


4- Acácio - Ex-Vasco da Gama, aposentou-se em 1995 e logo virou preparador de goleiros. Seu primeiro trabalho na nova função foi no Fluminense.


5- Carlos Germano - Outro ex-jogador do Vasco, é o segundo jogador que atuou mais vezes pelo clube de São Januário. Contabilizou 632 partidas. Germano já havia trabalhado como preparador de goleiros na Colina, entre 2008 e 2014, fazendo, assim, parte da comissão técnica campeã da Copa do Brasil em 2011.


6- Wagner Miranda - Ex-goleiro, foi campeão paulista pelo Bragantino, em 1990. Jogou futebol até 1999, no América-RJ, quando pendurou as luvas. Seguiu carreira como preparador de goleiros, começando no Botafogo em 1999. Atualmente é preparador de goleiros no Flamengo.


7- Nielsen - Goleiro da década de 1970. Destacou-se no Flamengo, mas tem passagem também pela Seleção Brasileira. Foi treinador na Copa de 1990, na Itália, quando trabalhou na preparação de Taffarel, Acácio e Zé Carlos.


8- Wendell - Destacou-se no Santa Cruz, de onde saiu para defender Botafogo e Fluminense. Chegou jogar pela Seleção Brasileira entre 1973 e 1974. Logo depois de se aposentar, tornou-se treinador de goleiros, novamente na Seleção, durante a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.


9- Carlos - Começou na Ponte Preta, mas passou por Corinthians, Atlético Mineiro e Palmeiras. Figura fácil na Seleção Brasileira de 1978 a 1986, quando foi titular absoluto na Copa do Mundo. Foi o goleiro antecessor a Taffarel com a amarelinha. Depois que se aposentou, passou a trabalhar como preparador de goleiros.


10- Mauri Lima - É o atual treinador de goleiros do Grêmio. Como jogador, defendeu clubes como Náutico, Mogi Mirim e Inter de Limeira. Tornou-se treinador de goleiros em 1998. Trabalhou no Corinthians e foi para a Arábia, antes de voltar para assumir a função no Grêmio.

599 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.