top of page
  • Caio

CBF assumirá gestão do Futsal Feminino brasileiro: Hora de respeito e investimento para as guerreira

O mundo do esporte brasileiro recebeu  nesta semana a notícia de que a seleção brasileira de futsal será gerida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a partir deste ano de 2017.

O motivo desta mudança no comando de gestão da modalidade se deu pela grave crise enfrentada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) que até o primeiro semestre do ano passado tinha uma dívida estimada em R$ 6 milhões de reais.

Embora nada, eu disse NADA, tenha sido mencionado sobre a situação da Seleção Feminina de Futsal, o que se espera é que  ela passe a ter mais atenção daqui pra frente.

Cogito isso porque a CBF vem assumindo uma postura diferenciada em relação ao Futebol Feminino na instituição, com todo um discurso de evolução e melhorias para a modalidade tanto em nível de seleção, quanto de toda a modalidade no país. Logo, pela lógica, se o discurso é de fato real e sincero, o futsal feminino passaria a ter uma atenção diferenciada e importante.

Ao que parece, embora tenha assumido a modalidade, a CBF contratou uma empresa de marketing para ser a responsável pela gestão, mas espero que a entidade máxima do futebol brasileiro (e agora do futsal) deixe diretrizes claras para os cuidados com o futsal feminino brasileiro.


O futsal é hoje uma das principais fontes de formação de atletas no país. Digo isso porque tanto em escolas quanto em clubes, seja de cidades grandes ou de cidades do interior de todo o país as quadras são predominantes em relação aos gramados, sendo extremamente natural a iniciação esportiva nas quadras para depois ocorrer a migração para os campos.

Essa “iniciação” esportiva no futsal é deficiente, como a maioria dos esportes no Brasil que só olha para o futebol masculino, mas se não fosse essa iniciação as coisas seriam muito mais difíceis para o Futebol Feminino.

Enfim, o que esperamos é que o Futsal Feminino seja tratado com muito respeito e a Seleção Feminina tenha todo respaldo administrativo, técnico e financeiro para que não tenha que depender nunca mais de “vaquinhas” de arrecadação de dinheiro para participar de campeonatos.

O Futsal Feminino merece muito respeito e por todos os títulos conquistados e pela forma incrível como representa o Brasil pelos quatro cantos do mundo, merecem uma atenção diferenciada.

Brasil Hexa Campeão Mundial Feminino de Futsal

Brasil Hexa Campeão Mundial Feminino de Futsal


Se eu fosse a CBF e quisesse realmente ver o crescimento do Futebol Feminino, aproveitaria essa grande oportunidade para promover e solidificar também o Futsal Feminino. Esses dois juntos, se bem organizados e planejados, podem trazer retornos que o esporte feminino que usa os pés para criar obras primas nas quadras e campos de todo o mundo jamais trouxe.

2017 está aí e queremos ver quais as estratégias de marketing serão adotadas para as duas modalidades.

Não creio que a Seleção Feminina adulta continue sendo gerida pela CBFS, mas se por acaso esse erro grotesco acontecer, que a CBFS faça uma gestão totalmente diferente para a modalidade e tenha então o Futsal Feminino adulto como carro chefe da imagem da instituição.

Vamos aguardar!

Parabéns ao Futebol e Futsal Feminino brasileiro por trazerem tantos resultados mesmo com todas as dificuldades e gestões amadoras que tratam o esporte feminino com total descaso. Vocês são guerreiras!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page