• Voa Goleiro

BOMBA – Courtois acusado de “vender a seleção” na Euro-2016

Atualizado: 20 de Mai de 2020

Marc Wilmots, ex-treinador da Bélgica, acusa Thibaut Courtois e o pai do goleiro de passarem informações confidenciais à Imprensa durante a Eurocopa de 2016, na França.

“Dava a palestra às 18 horas e, quinze minutos depois, estava tudo nas redes sociais. Era um problema. Significa que um jogador vendeu a seleção. É um assunto sério. Vários jornalistas franceses confirmaram-me que era o pai de Courtois quem passava as informações”, revelou Wilmots, em declarações à Bein Sports.

“É sinal que não respeita o país. Tenho pena, porque eu tinha de esperar até uma hora antes do jogo para conhecer a equipe do adversário. O nosso rival ganhava tempo e podia preparar-se melhor”, realçou.

Thierry Courtois, pai do guarda-redes, diz que as palavras de Wilmots não passam de “difamações”.

Na Euro 2016, a Bélgica caiu nos quartos de final aos pés do País de Gales.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo