• Voa Goleiro

Análise estatística de Alisson Becker e comparação com principais Goleiros europeus

Um excelente artigo produzido por Rafael Maciel.

Alisson Becker aos 26 anos tem a árdua tarefa de defender o maior clube Inglês e defender a maior seleção de futebol. Mas nenhuma destas atribuições é mais pesada do que o fardo de críticas que o jovem e promissor arqueiro tem de enfrentar diariamente.

A cada grande defesa, surgem frases tendenciosas como “ah, mas a bola bateu nele”, “qualquer um defenderia essa”, etc… Em cada uma das suas partidas pós Copa do Mundo 2018, uma atmosfera de EXPECTATIVA DE FALHA surge entre os “haters de plantão”. A falha diante do Leicester foi comemorada como se fosse um título! E três meses depois, os haters conquistaram o bi-campeonato, com a falha de Alisson diante do Manchester United.

Bom… se Alisson não é confiável ou se ele só defende os chutes que vão em direção a ele, como seus números desmentem essas afirmações?

Antes da falha contra o Manchester, Alisson vinha em uma grande sequência de 7 jogos consecutivos em alto nível, com avaliações do Sofascore iguais ou superiores a 7,3. Na Roma, Alisson no máximo alcançou 5 jogos consecutivos com atuações nota 7 ou superiores.

Entre os goleiros considerados “World Class” (com mais de uma temporada em alto nível) das 7 principais ligas europeias, Alisson aparece no topo das principais estatísticas juntamente com jovem André Onana (Ajax).

Porém, muito mais do que uma análise dos pontos positivos (como visto na tabela acima), devemos buscar compreender o comportamento das falhas dos goleiros de elite. As falhas do goleiro em uma partida vão desde um movimento de defesa incorreto, passando por uma saída errada de gol, pênalti cometido, até chegar nos famosos frangos. Porém para fins desta análise, resolvemos utilizar 3 estatísticas de falhas, que são utilizadas por sites especializados (Whoscored e Sofascore): falha que causou chute, falha que causou gol e pênalti cometido.

Erro na Mecânica do Movimento: Na queda, Alisson acaba soltando a bola nos pés do adversário.


Erro na Tomada de Decisão: Alisson prendeu a bola, quando deveria já ter efetuado o passe.


Ou seja, através dos números, podemos tirar as seguintes conclusões da temporada de Alisson Becker:

  1. Vem sendo decisivo na campanha do Liverpool na temporada 18/19;

  2. Foi determinante para a classificação na Champions;

  3. Sofreu 8 gols a menos do que a Expectativa Total de Gols Sofridos que enfrentou;

  4. Possui a 2ª maior % de Defesa Realizada (80%) dentre as principais ligas;

  5. Possui a 2ª melhor média de Gols Sofridos (0,61) dentre as principais ligas;

  6. Possui a 4ª maior % de Jogos Sem Sofrer Gols (52%) dentre as principais ligas;

  7. Em média, comete uma falha à cada 23 finalizações ou 8 jogos (na média);

  8. Vem cometendo menos falhas que Lloris, Stegen, Neuer, Leno e Ederson;

Para não ser injustos, só pode-se tirar a conclusão se Alisson é ou não um dos melhores do mundo ao final desta temporada.

2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.