• Voa Goleiro

Subasic escreve seu nome na história das Copas

Atualizado: Mai 19

Daniel Subasic já havia entrado para a história ao defender três cobranças na disputa de pênaltis contra a Dinamarca, algo que só o português Ricardo, em 2006, havia feito em Copas do Mundo. Nas quartas de final, o croata atingiu outro feito: defendeu mais uma cobrança diante da Rússia e tornou-se um dos goleiros que mais defenderam pênaltis durante disputas em Copas.

Com quatro batidas defendidas, Subasic igualou o argentino Goycochea (1990) e o alemão Schumacher (1982/1986). Os três estão acima do brasileiro Taffarel, que agarrou três pênaltis entre 1994 e 1998, assim como Ricardo em 2006 e o russo Akinfeev em 2018.

A Croácia é a segunda seleção a vencer duas disputas por pênaltis na mesma Copa do Mundo. A outra foi a Argentina de Goycochea, que passou por Iuguslávia e Itália nas quartas e na semi do Mundial de 1990.

O heroísmo de Subasic tornou-se ainda maior porque ele sentiu uma lesão muscular no último minuto do tempo regulamentar contra a Rússia. O técnico Zlatko Dalic havia acabado de fazer a terceira substituição e só poderia efetuar uma nova troca se houvesse prorrogação. Para isso, seria preciso segurar o empate por 1 a 1 nos cinco minutos de acréscimo.

Os croatas conseguiram levar a partida para o tempo extra, mas Subasic não foi substituído. O lateral-direito Vrsaljko também sentiu um problema físico e teve de sair antes dos cinco minutos do primeiro tempo da prorrogação, gastando a única substituição disponível nesta etapa do jogo. O goleiro seguiu em campo e só foi possível perceber que ele estava com dores porque o zagueiro Lovren passou a bater os tiros de meta.

A Croácia agora enfrenta a Inglaterra na semifinal, às 15h de quarta-feira. Ainda não se sabe se o problema muscular de Subasic pode deixá-lo fora deste duelo.

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.