• Voa Goleiro

O dia delas é todo dia, mas só são lembradas de vez em quando

Atletas e jogadoras de futebol existem todos os dias do ano. O futebol feminino existe todo dia, há anos, há décadas!

Elas jogam, treinam, se esforçam e sofrem com os problemas da modalidade todos os dias do ano, mas somente são lembradas pelos meios de comunicação em “datas especiais” como Dia da Mulher ou quando a Seleção perde uma competição importante. São nestes momentos que voltam a ser pauta.

E o pior é que quando existe espaço na mídia, essas mulheres são chamadas geralmente para falar de tudo, menos de futebol feminino em sua essência.

Querem falar de beleza, roupa, maquiagem, piadinhas e comentários improdutivos que poderiam facilmente dar lugar a entrevistas inteligentes e que esclarecessem questões da modalidade, fizesse pensar e deixasse abertos questionamentos para aquelas instituições que cuidam, ou melhor, que deveriam cuidar do futebol feminino e futsal feminino nacional, porém não o fazem.

Por isso meninas, não venho aqui desejar a vocês um feliz dia da mulher porque o dia de vocês é todo dia. A luta e o esforço é diário e por isso, parabéns sempre afinal o futebol feminino não existe apenas em datas comemorativas.


Às atletas, exatamente pela luta de vocês ser algo diário, sejam mais engajadas e mais responsáveis pela modalidade que tanto dizem amar. Sejam mais unidas, demonstrem a coragem de brigar pela modalidade da mesma maneira que tem “coragem” pra defender as amigas. Tomem o futuro nas mãos e façam a diferença, porque enquanto cada uma de vocês ficar olhando única e exclusivamente para o próprio umbigo e benefícios individuais, continuarão aparecendo de 4 em 4 anos à frente das câmeras chorando e pedindo apoio.

O maior apoio que a modalidade necessita é aquele que precisa vir de vocês mesmas! As futuras gerações dependem da luta de vocês hoje para que tenham espaço e para que possam admirar as “pioneiras” que antes delas lutaram para que a modalidade fosse de fato reconhecida, respeitada e para que todos os discursos bonitinhos de “queremos crescimento” tornem-se fatos e não apenas palavras vazias facilmente contraditas pela falta de ação das instituições e pessoas que “comandam” o futebol estadual, regional e nacional.

Não se contentem com migalhas! Sejam críticas! Leiam, pesquisem e estudem para saber o que falar e o que cobrar!

Tentem ser lembradas pelo seu futebol! Pela história de cada uma de vocês e não por serem bonitas ou terem corpos que chama atenção de radialistas, dirigentes e apresentadores! Utilizem de suas imagens para vocês da melhor maneira, mas cobrem respeito do tipo de imagem que querem associar à imagem do futebol feminino afinal não se tratam de belos corpos jogando futebol, mas de mulheres tentando viver do esporte através do futebol que jogam e não de como se vestem.

Em campo não são modelos! Em campo são atletas, munidas de raça, suor, uniforme, chuteira, caneleira e cicatrizes físicas e morais que somente cada uma conhece tamanha a luta que enfrentaram e enfrentam ainda hoje para entrar em campo e ao menos tentar fazer aquilo que amam! A maquiagem vem junto, mas precisam ser lembradas pelo talento com a bola nos pés ou nas mãos no caso de nossas goleiras!

Valorizem-se! Cobrem! Cobrem-se! Unam-se! Caso contrário, daqui 30 anos, a modalidade continuará sendo lembrada apenas nos momentos ruins ou no dia internacional da mulher!

Boa semana a todos e todas que nos acompanham!

#união #diainternacionaldamulher #womenssoccer #futebolfeminino #machismo #imprensa

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.