• Voa Goleiro

Goleiro simula lesão para companheiros se alimentarem. ENTENDA.

A Tunísia é um país predominantemente islâmico. Durante o nono mês do calendário de tal religião, chamado de ”Ramadã”, os devotos muçulmanos demonstram sua lealdade fazendo jejum de qualquer tipo de comida ou bebida do momento em que o sol nasce até o momento em que se põe em cada dia.

Levando em consideração que os adeptos incluem jogadores de futebol, a prática pode ser prejudicial para eles na questão fisiológica, os impossibilitando de adquirir a energia ideal para performarem em alto nível. Neste ano, o período vai do dia 17 de maio até 14 de junho, a data exata do início da Copa do Mundo da Rússia – a estreia da equipe é apenas no dia 18, contra a Inglaterra.

Com isso, jogadores da seleção do país se recusam a comer durante grande parte do dia. Porém, nos últimos amistosos preparatórios para o Mundial, contra Portugal e Turquia, o goleiro Moez Hassan usou uma tática curiosa para ”burlar” o sistema e ajudar seus companheiros de equipe.

No momento exato em que o sol se pôs em ambas as partidas, o camisa 40 simulou contusões para possibilitar que os outros atletas tunisianos que estavam em ação pudessem finalmente quebrar o jejum do dia, bebendo água e comendo barras de cereais e frutas após jogarem por vários minutos em alta intensidade.

A estratégia, inclusive, vem dando resultados: em ambos os amistosos, a Tunísia estava atrás do placar antes das ”lesões” de Hassan, e conseguiu empatar as partidas logo após as paralisações.

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Voa Goleiro. Tudo sobre Goleiros.