Curiosidades

14/06 2013

Goleiros da Copa das Confederações- Grupo A

A Copa das Confederações é tida como uma espécie de “ensaio” para a Copa do Mundo. Oito seleções, das quais seis são campeãs continentais, somadas a Campeã Mundial e ao dono da casa, compõem as equipes participantes dessa Copa das Confederações.

Untitled-1

O grupo A, é composto pelo Brasil, Japão, México e Itália. Hoje, eu Bruno Bezerra, de volta depois de um tempo sem postagens no site, falarei sobre os quatro goleiros dessas seleções, onde jogam, seus estilos de jogo e o que podem mostrar para nós, admiradores do verdadeiro futebol “arte”.

BRASIL

O Brasil, dono da casa, tem como titular o experiente Júlio César, de 34 anos de idade. Com 1,85m, e formado nas categorias de base do Flamengo, virou ídolo na Itália atuando pela Internazionale, onde foi pentacampeão italiano, tricampeão da copa da Itália, tetracampeão da supercopa italiana, campeão europeu e mundial. Após a transferência do goleiro esloveno Samir Handanovic para a Inter, Júlio decidiu sair, dado que não seria aproveitado no clube italiano, sendo contratado pelo Queens Park Rangers, da Inglaterra, que havia feito uma série de reforços de peso para levar o clube de Londres a uma competição europeia, o que não aconteceu, e o pior, o time de Júlio foi rebaixado.

JC

As expectativas são de que ele se transfira logo ao fim dessa Copa das Confederações, porém seu destino ainda é incerto. Júlio se caracteriza por ser um goleiro ágil, boa velocidade de reação e com boa reposição de bola com os pés. Outra característica marcante é sua liderança e comando da grande área. Aqui abaixo, um vídeo com boas defesas de Júlio na temporada passada pelo QPR:

JAPÃO
O Japão tem como titular o jovem Eiji Kawashima. Kawashima quebra o fenótipo dos tradicionais goleiros japoneses, tradicionalmente baixos, se notabilizando pela boa estatura de 1,85m. Com 30 anos, tido como o sucessor de Yoshikatsu Kawaguchi, lendário goleiro japonês, foi um dos pilares da conquista japonesa da Copa da Ásia em 2011 e da vaga já assegurada no mundial de 2014. Formado no Omiya Ardjia, se transferiu para o Nagoya Gampus onde não foi muito bem, e logo em seguida foi transferido ao Kawasaki Frontale, onde foi ídolo.

Eiji

Uma curiosidade triste desse goleiro foi um episódio sofrido por ele no ano de 2011, quando ainda defendia o Lierse. Foi aí que em uma partida entre Lierse e Germinal Beerschot, após um gol do Lierse, fãs do Beerschot lançaram um projétil na direção de Kawashima e cantaram um cântico com a letra “Kawashima-Fukushima! Na época, o Japão havia sofrido o desastre nuclear de Fukushima e passava por sérios problemas. Kawashima saiu chorando de campo, chateado com o preconceito e com a brincadeira de péssimo gosto promovida pela torcida rival. O clube foi posteriormente processado e os torcedores que praticaram isso foram devidamente multados. Abaixo, o vídeo com o episódio ocorrido:

Atualmente, Eiji joga pelo Standard Liege da Bélgica. Frieza, agilidade, bom posicionamento são as grandes características desse goleiro, que costuma passar sempre a sensação de ser “marrento”, lembrando o lendário goleiro japonês dos desenhos animados Benji Wakabayashi. A seguir um vídeo de boas defesas do goleiro japonês:

MÉXICO
O México terá como titular em suas metas o experiente Jesús Corona. Uma surpresa para muitos, dado que muitos apostavam no jovem Guillermo Ochoa do Ajaccio da França como titular. Corona de 32 anos mede 1,85m e começou sua carreira no Atlas, depois foi transferido ao Tecos onde se notabilizou, mesmo em uma equipe mediana do México.

Jesus

Atualmente Corona atua no Cruz Azul, uma das equipes mais fortes do México. Pela seleção mexicana, conquistou a medalha de ouro olímpica em 2012, Olímpiada na qual ele foi capitão da seleção mexicana. Corona se notabiliza pelo arrojo, calma e comando na grande área. Abaixo um vídeo de boas defesas do mexicano:

ITÁLIA
A Itália terá como goleiro o lendário Gianluigi Buffon, ou “Super Gigi”, como chamam os fãs. O experiente italiano de 35 anos e 1,91m, é considerado por muitos o maior goleiro italiano de todos os tempos, superando nada mais nada menos que Dino Zoff. Buffon iniciou sua carreira no Parma, onde se notabilizou bastante, conquistando inclusive uma Copa da UEFA (atual Liga Europa).

Buffon atualmente é titular e capitão da Juventus e da seleção italiana, na qual ele foi campeão mundial em 2006 e vice-campeão europeu no ano passado. Suas características são a liderança, elasticidade, calma e excelente posicionamento, típicas da escola italiana. A seguir um vídeo com boas defesas dessa verdadeira lenda, que teremos o prazer de ver atuando em nosso país.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>